Música Celtica

Exercícios Terapêuticos

Exercícios Terapêuticos
O universo está em constante movimento. O movimento significa vida. O movimento de uma espiral de energia vitaliza a célula única que marca o início de nosso tipo de vida humana. À medida que esse tipo de vida evolui, nós nos constituímos em um ser que constantemente troca energia com o cosmo. À medida que esta energia passa através de nós, ela nos alimenta, nos nutri e cria o movimento interno e externo de nossas vidas. Na expressão natural deste intercâmbio encontramos nossa saúde. O intercâmbio de energia é aumentado pelo movimento, e o movimento perfeito do corpo é uma extensão do interior para o exterior enquanto recebe estímulos que movem do exterior para o interior. (Greg Broòshy)

Translate

17.5.13

Cura

Curando a nós mesmos

A visualização criativa é um dos meios mais importantes de que dispomos para criar e conservar boa saúde .

Um dos princípios fundamentais de uma visão holística da saúde é que nós não podemos separar a nossa saúde física de nossa condição emocional, mental e espiritual. Todos os níveis acham-se interligados, de sorte que a doença é sempre reflexo de um estado de conflito, tensão, ansiedade ou desarmonia em alguns desses níveis. Assim, um problema físico é sempre uma advertência para que examinemos em profundidade as nossas emoções, os nossos pensamentos e atitudes a fim de averiguarmos o que é possível fazer para restaurar a harmonia e o equilíbrio naturais do nosso ser. Precisamos entrar em sintonia com o nosso processo interior e "ouvir" o que ele tem a nos dizer.

Há uma constante comunicação entre a mente e o corpo. Este capta os estímulos sensoriais do universo físico e envia essas informações à mente, que as interpreta segundo o seu conjunto de crença e de experiências passadas. A mente, por sua vez, envia mensagens ao corpo, determinando que este reaja do modo como ele considera apropriado. Se o sistema de crenças da mente (ou algum outro nível consciente ou inconsciente) disser que é conveniente ou inevitável ficarmos doentes  numa determinada  situação, o corpo receberá as instruções apropriadas e irá necessariamente manifestar sintomas de doenças. Assim, todo o processo acha-se intimamente relacionado com os nossos conceitos e ideias mais enraizadas a respeito de nós mesmos, da vida e da natureza da doença e da saúde.

A visualização criativa acha-se relacionada com a maneira como se dá a comunicação entre nossa mente e nosso corpo. Trata-se de um processo através do qual produzimos imagens e pensamentos em nossas mentes - consciente e inconscientemente - e, então, os transmitimos ao corpo na forma de avisos ou de determinações.

A visualização criativa é um processo que consiste em procurar enviar ao nosso corpo mensagens positivas em substituição àquelas negativas e constritivas que nos deixam literalmente doentes.

As pessoas ficam doentes porque acreditam, em algum nível interior, que a doença é uma resposta apropriada ou inevitável a alguma situação ou circunstância. Isso acontece porque, de alguma maneira, a doença parece resolver um problema para elas, dar-lhes algo de que necessitam, ou surge como uma solução desesperada em relação a algum conflito interior insuportável  e não-resolvido.

Eis alguns exemplos: a pessoa que fica doente porque foi  "exposta" a uma doença transmissível (ela acredita que a doença seja inevitável  ou muito provável); a pessoa que morre da mesma doença que matou um de seus pais ou outro membro da família  ( ela programou-se inconscientemente para repetir o mesmo modelo); a pessoa que fica doente ou sofre um acidente para escapar ao trabalho (ou existe alguma coisa em seu trabalho com que ela não é capaz de se deparar ou, então, não consegue se entregar ao relaxamento e ao repouso de que necessita, a menos que fique doente); a pessoa que adoece com o propósito de obter amor e atenção (era assim que ela conseguia fazer que seus pais a amassem quando criança); a pessoa que reprime os seus sentimentos durante a vida toda e acaba morrendo de câncer (ela não é capaz de resolver o conflito entre a pressão de suas emoções reprimidas e a sua crença de que não é certo expressa-las... de mode que acaba encontrando uma solução: matando-se). 


Fonte: Visualização Criativa 
             Shakti Gawain

Nenhum comentário:

Postar um comentário