Música Celtica

Exercícios Terapêuticos

Exercícios Terapêuticos
O universo está em constante movimento. O movimento significa vida. O movimento de uma espiral de energia vitaliza a célula única que marca o início de nosso tipo de vida humana. À medida que esse tipo de vida evolui, nós nos constituímos em um ser que constantemente troca energia com o cosmo. À medida que esta energia passa através de nós, ela nos alimenta, nos nutri e cria o movimento interno e externo de nossas vidas. Na expressão natural deste intercâmbio encontramos nossa saúde. O intercâmbio de energia é aumentado pelo movimento, e o movimento perfeito do corpo é uma extensão do interior para o exterior enquanto recebe estímulos que movem do exterior para o interior. (Greg Broòshy)

Translate

15.8.11

MASSOTERAPIA

MASSOTERAPIA - Wagner S.M. Baptista.
A Importância do Toque na Massoterapia.
No mundo em que vivemos, o nosso corpo perdeu o conhecimento de como é o relaxamento e assim muitas pessoas não estão conscientes de como o estresse as afeta fisicamente e nem do que a massagem pode fazer por eles.

Na nossa sociedade a massagem tem sido vista como um luxo, mas na verdade ela é uma poderosa aliada para nos livrar do estresse e na recuperação da nossa saúde e do nosso bem estar.

A maneira como suprimos os sentimentos e as emoções é contraindo toda nossa musculatura. Estas tensões não sendo liberadas tornam-se crônicas, ficando os músculos em permanente tensão, criando rigidez no corpo e bloqueios à livre circulação dos fluidos corporais. Acumulando toxinas e resíduos celulares, acabarão por resultar em problemas corporais em maior ou menor grau de saturação.

Nos relacionamentos, na cura de doenças, o contato físico é um instrumento poderoso para uma vida melhor. O toque transmite amor, consciente ou inconscientemente, e pode desencadear alterações metabólicas e químicas. Em pesquisas realizadas sobre o toque, acredita-se que crianças que possuem a síndrome de Down começam a andar mais cedo quando recebem uma grande quantidade de abraços, toques e afagos maternais/familiares, provenientes de todos que as cercam . Alguns médicos empregam o roçar, ou qualquer técnica de estimulação sensorial, em pessoas com paralisias, para estimular espasmos e induzir a uma atividade muscular mais normal. Há relatos que, em mulheres em trabalho de parto, o contato físico torna as contrações mais toleráveis e diminui a necessidade de analgésicos e anestésicos . Numerosos experimentos mostram que o contato físico é eficiente, tanto dado quanto recebido. Mostram ainda, que nesta era de drogas miraculosas, amor, carinho e ternura são complementos importantes ao tratamento.

Os ferimentos traumáticos podem ser melhor tratados com todos os tipos de contatos físicos. Como exemplo, temos massagens que atuam revigorando células, tecidos e músculos. Os médicos afirmam que o contato físico, o toque e a massagem são aspectos importantes da reabilitação para qualquer caso. Ao tocar ou massagear, contribui-se para promover a tranqüilidade, o relaxamento, e o encorajamento do “espírito”, de modo que o corpo reaja e a sua dor ou a recuperação seja proporcionada.

A estimulação tátil e as emoções podem controlar a endorfina , o hormônio natural que alivia a dor, e assim proporcionar bem-estar . O contato físico, o toque, reduz o impulso da dor que vai para o cérebro, proporcionando outras sensações que o bloqueiam .

Usada como relaxamento a massagem permite reduzir as tensões que provocam dores, cansaço, noites mal dormidas, etc. Aumentando assim a capacidade de se enfrentar o dia-a-dia e suas exigências. Ela ativa a circulação e ajuda a eliminar toxinas, reduz o desconforto físico, alivia as dores, induz uma sensação de bem estar, assim como estimula o sistema imunitário.

A massagem, como agente do toque, é cada vez mais reconhecida como uma valiosa prática de cuidado com a saúde . O ato de aceitar alguém pelo que é, em seu corpo, e dele tratar fisicamente, por meio de toques e massagens, pode fazer maravilhas pela auto-aceitação e recuperação motora de uma pessoa, e trás benefícios a todos os níveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário