Música Celtica

Exercícios Terapêuticos

Exercícios Terapêuticos
O universo está em constante movimento. O movimento significa vida. O movimento de uma espiral de energia vitaliza a célula única que marca o início de nosso tipo de vida humana. À medida que esse tipo de vida evolui, nós nos constituímos em um ser que constantemente troca energia com o cosmo. À medida que esta energia passa através de nós, ela nos alimenta, nos nutri e cria o movimento interno e externo de nossas vidas. Na expressão natural deste intercâmbio encontramos nossa saúde. O intercâmbio de energia é aumentado pelo movimento, e o movimento perfeito do corpo é uma extensão do interior para o exterior enquanto recebe estímulos que movem do exterior para o interior. (Greg Broòshy)

Translate

18.10.11

Yoga











O exercício: Ioga

Um dos principais fatores dos distúrbios de ansiedade é o estresse. Ele libera uma série de hormônios, como adrenalina, cortisol, noradrenalina e prolactina. Raul Santo conta que esses hormônios, chamados de catabólicos, causam um desajuste no corpo, capaz de afetar até o ritmo cardíaco.

A atividade física em carga leve a moderada melhora o condicionamento do cérebro, equilibrando a secreção hormonal e a produção de neurotransmissores, que são sinalizadores do cérebro. Para o clínico geral João Branco, atividades como ioga e Tai Chi Chuan são boas opções porque controlam a ansiedade por meio da respiração. Isso reduz o estresse e auxilia no equilíbrio do organismo.

No caso da depressão, o fisiologista Raul conta que as doses da medicação podem diminuir com o tempo até serem extinguidas, tamanho o benefício da atividade.







Fonte: www.minhavida.com.br

28.8.11

SAÚDE PREVENTIVA

Das 21:00 às 23:00: É o horário em que o corpo realiza atividades de eliminação, químicos desnecessários e tóxicos (desintoxicação), mediante o sistema linfático do nosso corpo. Neste horário do dia devemos estar num estado de relaxamento, escutando música, por exemplo.
Geralmente a estas horas mamães realizam atividades, tais como, limpar a cozinha, monitorar que tudo esteja pronto para o dia seguinte, etc., atividades que causam falta de relaxamento, o que gera um efeito negativo para a saúde.

Das 23:00 às 01:00 am: o corpo realiza o processo de desintoxicação do fígado, e idealmente deve ser processado num estado de sono profundo.

Durante as primeiras horas da manhã 1:00 - 3:00: processo de desintoxicação da vesícula biliar, idealmente deve suceder também num estado de sono profundo.

De madrugada 3:00 - 5:00: desintoxicação dos pulmões. É por isso que por vezes neste horário se produzem fortes acessos de tosse.Quando o processo de desintoxicação atinge o trato respiratório, é melhor não tomar medicamentos para a tosse, já que interferem no processo de eliminação de toxinas.

Manhã 5:00 - 7:00: desintoxicação do cólon (intestino grosso). É o horário de ir ao banheiro para esvaziar o intestino.

Durante a Manhã de 7:00 - 9:00: absorção de nutrientes no intestino delgado. É o horário perfeito para tomar o café da manhã. Se estiver doente o café da manhã deve ser tomado mais cedo: antes das 6:30 am.

A primeira refeição antes das 7:30am é benéfica para aqueles que querem manter-se em forma.

Os que não têm por hábito alimentar-se logo cedo, devem tentar mudar o hábito, sendo menos prejudicial realizá-lo entre as 9:00 e as 10:00 em vez de ficar a manhã completa sem comer.

Dormir tarde e despertar tarde interromperá o processo de desintoxicação de químicos desnecessários ao seu organismo. Além disso, você deve ter em conta que das 00:00 às 4:00 am é o horário em que a medula óssea está produzindo sangue. Então, procure dormir bem e não deitar tarde.


Causas principais que prejudicam o fígado

1. Dormir tarde e despertar tarde 2. Não urinar pela manhã 3. Comer demasiado 4. Saltar o café da manhã
5. Consumir muitos medicamentos 6. Consumir conservantes, colorantes, adoçantes artificiais
7. Consumir óleos de cozinha em alta temperatura. Reduza o mais possível o consumo de alimentos fritos, mesmo os que utilizam azeites benéficos.
Não consuma alimentos fritos quando estiver cansado ou doente, a menos que seja muito magro, mas se puder, evite-o.
8. Consumir alimentos de origem animal crus ou demasiado cozidos sobrecarregam o fígado.
Os vegetais devem ser comidos crus ou pouco cozidos. Se consumir vegetais fritos,não guarde para consumo posterior.

Só temos que adotar um estilo de vida mais saudável e melhorar os nossos hábitos alimentares. Manter bons hábitos de alimentação e exercício é muito positivo para que o nosso organismo absorva o que necessita e elimine os químicos no seu "horário".


LEVE MAIS A SÉRIO A SUA SAÚDE...



Adroaldo Emmerson Rodrigues Santos
Consultório de Fisioterapia, Cadeias Musculares e Terapias Naturais
R. Pe. Anchieta, 1846, sala 504 (Biocentro) - Champagnat - Curitiba
Fone: (41) 3521-7577/9607-4565
E-mail: adrofisio@hotmail.com

INCORP - Instituto da Saúde e do Corpo
R. Almir Trova de Oliveira, 48 (Pça. Bento Mossurunga)
Jd. das Américas - Curitiba
Fone: (41)3365-6301







15.8.11

MASSOTERAPIA

MASSOTERAPIA - Wagner S.M. Baptista.
A Importância do Toque na Massoterapia.
No mundo em que vivemos, o nosso corpo perdeu o conhecimento de como é o relaxamento e assim muitas pessoas não estão conscientes de como o estresse as afeta fisicamente e nem do que a massagem pode fazer por eles.

Na nossa sociedade a massagem tem sido vista como um luxo, mas na verdade ela é uma poderosa aliada para nos livrar do estresse e na recuperação da nossa saúde e do nosso bem estar.

A maneira como suprimos os sentimentos e as emoções é contraindo toda nossa musculatura. Estas tensões não sendo liberadas tornam-se crônicas, ficando os músculos em permanente tensão, criando rigidez no corpo e bloqueios à livre circulação dos fluidos corporais. Acumulando toxinas e resíduos celulares, acabarão por resultar em problemas corporais em maior ou menor grau de saturação.

Nos relacionamentos, na cura de doenças, o contato físico é um instrumento poderoso para uma vida melhor. O toque transmite amor, consciente ou inconscientemente, e pode desencadear alterações metabólicas e químicas. Em pesquisas realizadas sobre o toque, acredita-se que crianças que possuem a síndrome de Down começam a andar mais cedo quando recebem uma grande quantidade de abraços, toques e afagos maternais/familiares, provenientes de todos que as cercam . Alguns médicos empregam o roçar, ou qualquer técnica de estimulação sensorial, em pessoas com paralisias, para estimular espasmos e induzir a uma atividade muscular mais normal. Há relatos que, em mulheres em trabalho de parto, o contato físico torna as contrações mais toleráveis e diminui a necessidade de analgésicos e anestésicos . Numerosos experimentos mostram que o contato físico é eficiente, tanto dado quanto recebido. Mostram ainda, que nesta era de drogas miraculosas, amor, carinho e ternura são complementos importantes ao tratamento.

Os ferimentos traumáticos podem ser melhor tratados com todos os tipos de contatos físicos. Como exemplo, temos massagens que atuam revigorando células, tecidos e músculos. Os médicos afirmam que o contato físico, o toque e a massagem são aspectos importantes da reabilitação para qualquer caso. Ao tocar ou massagear, contribui-se para promover a tranqüilidade, o relaxamento, e o encorajamento do “espírito”, de modo que o corpo reaja e a sua dor ou a recuperação seja proporcionada.

A estimulação tátil e as emoções podem controlar a endorfina , o hormônio natural que alivia a dor, e assim proporcionar bem-estar . O contato físico, o toque, reduz o impulso da dor que vai para o cérebro, proporcionando outras sensações que o bloqueiam .

Usada como relaxamento a massagem permite reduzir as tensões que provocam dores, cansaço, noites mal dormidas, etc. Aumentando assim a capacidade de se enfrentar o dia-a-dia e suas exigências. Ela ativa a circulação e ajuda a eliminar toxinas, reduz o desconforto físico, alivia as dores, induz uma sensação de bem estar, assim como estimula o sistema imunitário.

A massagem, como agente do toque, é cada vez mais reconhecida como uma valiosa prática de cuidado com a saúde . O ato de aceitar alguém pelo que é, em seu corpo, e dele tratar fisicamente, por meio de toques e massagens, pode fazer maravilhas pela auto-aceitação e recuperação motora de uma pessoa, e trás benefícios a todos os níveis.

23.6.11

QUEM SE MOVIMENTA É MAIS FELIZ













Que praticar atividades físicas faz bem à saúde todos já sabem, mas além dos benefícios físicos, os exercícios melhoram o humor. Mas como isso acontece? Ao exercitar-se aumenta o nível de neurotransmissores, como a noradrenalina, a serotonina e a dopamina, que produzem uma sensação de relaxamento e bem-estar no indivíduo.

Segundo especialistas, o processo é rápido. Assim que a pessoa começa a praticar exercícios, o corpo inicia a liberação dessas substâncias na corrente sanguínea, melhorando o humor. Decorrido algum tempo, essa produção atinge um determinado patamar, que torna a sensação de relaxamento e bem-estar perceptível. O melhor de tudo é que essa sensação prazerosa tende a permanecer mesmo depois de terminado o exercício.



Escrito por Natália Barbosa às 07h4




RECONHECENDO O PRÓPRIO CORPO

Ao iniciar a prática de exercícios físicos, tudo é novo e estranho. Alguns tipos de exercícios, por exemplo, podem requisitar mais esforço muscular do que outros, ou um tipo de movimento que a pessoa não está habituada a fazer.

O que é comum entre todas as pessoas que se exercitam fisicamente é uma maior energia e uma sensação de bem-estar, além de uma sensação de "eu posso", "eu consigo". Isso deve ser feito gradualmente, de preferência sempre com a ajuda de um profissional. Não é preciso apostar corrida ao redor de um bosque com um corredor já treinado para tanto. A prática de exercícios não é uma competição com as outras pessoas, mas uma superação dos próprios obstáculos, uma competição consigo mesmo. E o corpo responde a todos os estímulos, dando sinais importantes ao ‘novo atleta’: mais energia e vigor durante o dia, soluções para os problemas rotineiros vêm à mente com maior clareza e rapidez, idéias novas brotam como que do nada. Com persistência e treino, cada dia pode significar uma realização. Mas é preciso ter uma meta, ao começar a fazer exercícios, e observar os próprios limites.

Que objetivo eu pretendo atingir?, é a pergunta que algumas academias de ginástica propõem aos seus alunos. E os objetivos variam: pessoas entrevistadas em um parque apontaram, entre eles, o prazer de estar caminhando ao ar puro, mudar a rotina, emagrecer, prolongar a saúde, recuperar-se de um tratamento ou simplesmente estar em companhia de outras pessoas. Reconhecer quais os exercícios mais adequados para sua idade, peso, condição de saúde é fundamental para alcançar esses objetivos.



Fonte:boasaude@bibliomednoticias.com.br

20.6.11

DEPRESSÃO TRATADA COM EXERCÍCIOS FÍSICOS

MAHA YOGA









É muito interessante se constatar que muitos médicos recomendam exercícios físicos para o tratamento de depressão do que o uso de antidepressivos. Esse tipo de medicamento costuma ser abusivamente prescrito e associado a múltiplos efeitos colaterais indesejáveis. Para reforçar o argumento de se evitar a tomada de antidepressivos, um artigo publicado em 15 de março deste ano de 2011 na revista American Journal of Psychiatry demonstrou que, de 24.414 pacientes estudados que sofreram derrame cerebral, o uso de antidepressivos nas 2 semanas que antecederam o episodio vascular ocorreu em 48% dos casos.
Antidepressivos nunca se mostraram superiores quanto a bons resultados comparados a exercícios físicos. De fato, muitos estudos comprovam essa afirmação, entretanto a seleção de pacientes que se propõem aos exercícios passa a ser o mais difícil de se conseguir pois, sentindo-se deprimidos, muitos se recusam a se movimentarem por apresentarem-se desmotivados totalmente.
É fundamental se considerar que a depressão pode ser tratada de forma holística, corrigindo-se desequilíbrios hormonais assim como distúrbios nutricionais e hidratação.Devemos nos lembrar que a maioria dos pacientes que utilizam antidepressivos possuem uma forte tendência a não abandonarem seu uso ate mesmo por insistência dos seus médicos. Caso apresentem um mínimo de estado de motivação para modificarem alguns pontos no seu estilo de vida, constatarão que a melhora da depressão se apresentará de forma mais fácil.
.





Fonte:http://www.sergiovaisman.med.br






3.1.11

DRENAGEM MANUAL-TÉCNICA DR. VODDER

A Técnica da Drenagem Manual foi desenvolvida pelo casal Estrid e Emil Vodder, na Dinamarca, na década de 30. Dr. Vodder, fisioterapeuta, iniciou suas experiências em pacientes acometidos por gripes e sinusites, executando movimentos suaves e monótonos de rotação nas cadeias ganglionares do pescoço. Em 1936, Dr. Vodder apresentou resultados de suas investigações em uma exposição de saúde (Sauté e Beauté em Paris).

Animado pela eficácia dos resultados obtidos com a terapia, o casal Vodder deu continuidade a seu trabalho, fundando uma escola na França e posteriormente em Kopenhagem, na Dinamarca, onde durante muitos anos transmitiram seus conhecimentos e experiências a outros profissionais.

Os estudos efetuados em relação ao Sistema Linfático, trouxe o endosso teórico-científico sobre o que a prática já comprovada, sedimentando a técnica até nossos dias. Segundo Dr. Vodder, a técnica consiste nas seguintes palavras: "Suavidade, harmonia, ritmo e flexibilidade na munheca."

Em 1978, Emil Vodder abriu pessoalmente o I Congresso Internacional da Associação para Drenagem Linfática Manual, na Áustria, com as seguintes palavras: "Acredito que virá o tempo em que a maior meta da humanidade será ajudar o próximo. As pessoas que trabalham com a Drenagem Linfática Manual, entenderão que a colaboração e a compreensão mútuas, serão necessárias para a mobilização de forças positivas. Estas forças não são compreendidas, porque não são mensuráveis, mas o paciente sente energia, ele restabelece a saúde mais rapidamente.

Entrevista a Gabriela Lacerda | Drenagem Linfática Manual Dr. Vodder