Música Celtica

Exercícios Terapêuticos

Exercícios Terapêuticos
O universo está em constante movimento. O movimento significa vida. O movimento de uma espiral de energia vitaliza a célula única que marca o início de nosso tipo de vida humana. À medida que esse tipo de vida evolui, nós nos constituímos em um ser que constantemente troca energia com o cosmo. À medida que esta energia passa através de nós, ela nos alimenta, nos nutri e cria o movimento interno e externo de nossas vidas. Na expressão natural deste intercâmbio encontramos nossa saúde. O intercâmbio de energia é aumentado pelo movimento, e o movimento perfeito do corpo é uma extensão do interior para o exterior enquanto recebe estímulos que movem do exterior para o interior. (Greg Broòshy)

Translate

11.6.10

EXERCÍCIO FÍSICO









O exercício físico é uma forma bem estabelecida de manter a saúde geral, ajudando a prevenir e a combater a obesidade e muitas doenças relacionadas, como doenças cardíacas e diabetes. E, de acordo com pesquisas recentes realizadas nos Estados Unidos, esses benefícios seriam extensivos também à vida sexual. Segundo especialistas, a função sexual é afetada pela saúde geral, por isso, melhorar a saúde pode significar melhor vida sexual.

Avaliando mais de 600 homens na meia-idade, pesquisadores do New England Research Institute descobriram que a prática regular de exercícios vigorosos, como caminhar mais de 3 km ou queimar 200 calorias extras por dia, pode ser eficaz em reduzir os riscos de disfunção erétil, ou impotência sexual.

Outro estudo, realizado pela Universidade da Califórnia, incluindo 78 homens de meia-idade saudáveis, porém sedentários, registrou mudanças quando os homens passaram a se exercitar por uma hora, de três a quatro vezes por semana. De forma geral, as atividades físicas foram associadas a uma função sexual “mais confiável”, maior freqüência de atividade sexual e orgasmo, além de maior satisfação.

Um terceiro estudo, conduzido pela Escola de Saúde Pública de Harvard, revelou que homens que se exercitavam vigorosamente por 20 a 30 minutos apresentavam a metade do risco de ter problemas de ereção, comparados com os sedentários. Além disso, os pesquisadores descobriram que homens que ganham peso se tornam mais suscetíveis à disfunção erétil.

Os especialistas acreditam que o efeito dos exercícios na função sexual ocorre devido ao fortalecimento do sistema cardiovascular e da melhora da circulação promovidos pelas atividades físicas. Porém, mais estudos são necessários para desvendar os mecanismos responsáveis pela melhora da função sexual.

Fonte: The Intelligencer. 05 de dezembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed.

Nenhum comentário:

Postar um comentário