Música Celtica

Exercícios Terapêuticos

Exercícios Terapêuticos
O universo está em constante movimento. O movimento significa vida. O movimento de uma espiral de energia vitaliza a célula única que marca o início de nosso tipo de vida humana. À medida que esse tipo de vida evolui, nós nos constituímos em um ser que constantemente troca energia com o cosmo. À medida que esta energia passa através de nós, ela nos alimenta, nos nutri e cria o movimento interno e externo de nossas vidas. Na expressão natural deste intercâmbio encontramos nossa saúde. O intercâmbio de energia é aumentado pelo movimento, e o movimento perfeito do corpo é uma extensão do interior para o exterior enquanto recebe estímulos que movem do exterior para o interior. (Greg Broòshy)

Translate

22.9.09

REIKI


Reiki quer dizer energia vital universal. É uma técnica científica, baseada na Física Quântica, de equilíbrio energético, utilizando a impostação das mãos. É de origem tibetana, usa a simplicidade e o amor. O Reiki aproxima o indivíduo do seu corpo, da sua mente e da sua consciência. Só pode se manifestar através do amor.
Mikao Usui viveu de 1865 até 1926. Era padre cristão em Esta é a história de Mikao Usui,
o criador do ReikiKioto (Japão) e professor na Universidade local. Seus estudos se concentravam em descobrir como Jesus conseguia realizar seus milagres. Ele sabia que era possível curar com as mãos através da força vital que as pessoas emanavam, mas desconhecia de que modo isso funcionava. Em vão foi à América, para a Universidade de Chicago, tentar desvendar o segredo das curas milagrosas de Cristo. Ali se tornou doutor em Teologia.


De volta ao Japão, e mais tarde na Índia, estudou sânscrito e as antigas escritas budistas, encontrando finalmente a chave da sabedoria antiga: uma fórmula em sânscrito baseada numa série de símbolos, os quais, acionados, ativam e captam a energia vital universal. Passou então um longo tempo no Monte Kurama desenvolvendo a técnica do Reiki. Quando voltou, passou a se dedicar “a recuperação de mendigos nas ruas de Kioto, e aí, certamente, fez a sua descoberta mais importante.
Ele curava as doenças e uma vez recuperados, os mendigos eram estimulados a buscar trabalho para deixarem as ruas... Mas não era isso que vinha acontecendo. Passado algum tempo, Mikao começou a encontrar rostos conhecidos em sua peregrinação pelas ruas. Eram os mendigos que ele havia tratado e que estavam de volta à antiga vida...
Perplexo, ele perguntou aos mendigos a razão daquela conduta e ouviu deles que preferiam mendigar porque era mais fácil... (ser infeliz é sempre mais fácil... Basta curvar um pouco as costas, tornar o olhar perdido e reclamar de tudo e de todos... Pronto! Está construído o cenário da infelicidade, onde a maioria habita)
Abalado, Mikao se questionava onde teria errado... Concluiu após uma demorada reflexão que curava as doenças daqueles mendigos, mas eles não estavam preparados para sentir o prazer de uma nova vida... Percebeu então que a cura mais importante é a do espírito... Não é o corpo que adoece, é a alma... O corpo apenas reflete o que está acontecendo no íntimo do nosso ser.
Mikao descobriu que ainda não tinha ensinado para aqueles mendigos o verdadeiro caminho da transformação, que é buscar dentro de si mesmo a própria luz. Ainda não tinha ensinado a eles o dharma, a atitude correta, simplificada nos 5 princípios do Reiki:
1- Só por hoje não sinta raiva e nem fique zangado...
2 – Só por hoje abandone as preocupações...
3 – Só por hoje agradeça as bênçãos recebidas...
4 – Só por hoje faça seu trabalho honestamente...
5 - Só por hoje seja gentil com o próximo e com todos os seres vivos de todos os mundos...
Só por hoje, a cada dia...
Projeto Bom Dia Coração
Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também pode crescer com os toques suaves na alma. Nada faz sentido neste mundo se não tocamos o coração de uma pessoa. Que você tenha um lindo dia, cheio de pequenas e constantes felicidades.





Elsa Medina Deyl-Master

15.9.09


O Reiki é uma técnica de transferência de energia curativa por imposição das mãos. Energia vital (Universal) é um meio de expressar amor universal. Amor primeiramente por nós mesmos, como manifestação dessa energia universal, facilitando nossa evolução espiritual e amor por nosso próximo, quando atuamos como canais dessa energia em seu benefício.
O Reiki ajuda o corpo em sua habilidade natural de curar-se. Dá vitalidade e restabelece um equilíbrio espiritual e energético em todos os níveis.
O Reiki é compatível e complementar com qualquer outro tratamento. Como complemento da medicina tradicional ou holística, o Reiki pode diminuir os efeitos secundários negativos, ajudar na redução da dor, e em geral apoiar o tratamento médico.
O Reiki pode acelerar o processo de cura da medicina tradicional ou holística e por isso é conveniente que o paciente se mantenha em contato com seu médico se for necessário a diminuição da dosagem ou dos medicamentos.
Uma vantagem do Reiki é a possibilidade de auto-tratamento. É um instrumento muito eficaz de relaxamento servindo, no nível físico para tirar dores, stress, falta de vitalidade e também em níveis emocionais ajudando, a liberar bloqueios de energia.



Enilda Dantas

17.8.09


Diz Mestre El Morya:
"A vontade de Deus é o bem. A Vontade de Deus quer a criatura livre. A Vontade de Deus quer ajustar o eixo da Terra e assim restabelecer o equilíbrio do clima. A Vontade de Deus quer que toda pessoa, por si própria, obtenha o suprimento de suas necessidades diárias. A Vontade de Deus quer que desapareçam as doenças, as mortes, as limitações de toda sorte e o desequilíbrio da mente e do corpo; quer que desapareçam a indisciplina, a impureza e a grosseria; quer que novamente brilhe a Luz Fundamental; quer que a Terra ostente, outra vez, as cores claras e brilhantes e a beleza que possuía ao ser concluída pelo Elohin."

30.7.09

TRATAR O HOMEM COMO UM TODO

O começo da cura de qualquer enfermidade está na mente do doente. Ele deve saber porque adoeceu e o que fazer para restaurar a saúde e a vida. A recuperação do doente depende de um novo estilo de vida apoiado em cinco fatores de cura: emoções positivas, risos, dieta natural sem carnes, exercício físico e firme confiança no poder curativo de Deus, componente da cosmovisão teísta. Enfim, o terapeuta holístico tem o dever de dizer ao doente: COM A AJUDA DE DEUS VOCÊ VAI FICAR CURADO; PENSE POSITIVAMENTE; VOCÊ VAI SARAR! E recomenda ainda: BUSQUE FORÇA EM DEUS E CONTROLE SEUS PENSAMENTOS E EMOÇÕES! Deus está desejoso de curar o doente, mas este só conseguirá a cura se confiar inteiramente em Seu poder curador. Pesquisas desenvolvidas pela Associação Médica Americana constataram isso!



A oração é um tipo de psicoterapia que faz sentir melhor tanto o terapeuta quanto o doente. É-nos impossível mudar o estado doentio do corpo, pois somente Deus é a fonte de cura. Como Seus cooperadores, nós, terapeutas holísticos, podemos, através da oração intercessória, abrir o coração a Deus que nos ouve e atua na cura do doente realizando verdadeiros milagres por nosso intermédio. Até o próprio Jesus, quando esteve nesta Terra, pedia auxilio de Deus, mediante oração intercessória, para efetuar curas. Como não somos curandeiros, dependemos de Deus para restaurar o doente à saúde e à vida, e isto só é-nos possível mediante oração pelo doente e pelo trabalho que realizamos como terapeutas do corpo e da alma.



Atendendo recomendação de Hipócrates – Pai da Medicina, a Associação Médica Americana, criou nos Estados Unidos, no início da década de 1980, um setor de oração. Depois de desenvolver 200 estudos científicos sobre a oração e a cura, a entidade implantou essa especialidade em cerca de 80 escolas de Medicina, que atualmente oferecem cursos sobre a oração, espiritualidade e cura. Os resultados da pesquisas sobre o poder da oração nos tratamentos de saúde, que atualmente vem sendo desenvolvidas em hospitais e Universidades de Medicina norte-americanas, serão apresentados durante a realização do IV Seminário da Saúde Holística, que acontecerá em Sobradinho, no período de 19 a 21 de abril de 2008.




Wilson Dias
Escritor e Terapeuta Holístico

23.6.09

MEDIDAS PREVENTIVAS.

Medidas preventivas e de combate à dengue



Parecem simples demais para ser verdade... Para prevenir a dengue e evitar os efeitos da picada do mosquito “Aedes Aegypti”, coma diariamente, no café da manhã ou no almoço, inhame ou raiz cozida de cará.

Os índios da Amazônia convivem com os mosquitos da dengue, da malária e da febre amarela sem ser molestados por esses insetos, porque têm o organismo imunizado por comerem inhame ou cará, diariamente.



REPELENTE CASEIRO – A Receita

Esta receita foi passada por pessoas de uma colônia de pescadores de
Muriqui, situada no Estado do Rio de Janeiro, onde nunca teve dengue ou 'afins'. O importante é que esse repelente não intoxica; pode ser usado à vontade por qualquer pessoa, sem risco de causar alergia. Eis a receita:

- 1 garrafinha de 200 ml de álcool de cereais;
- colocar 30 a 50 cravos da Índia em infusão, no citado álcool, por 48 horas;

- meio vidrinho de óleo Johnson, (ou óleo para bebê), para não desidratar a pele.

Observação: Misturar o óleo Johnson ao álcool de cereais, após retirar os cravos.



Torna-se um excelente repelente caseiro! Os pescadores da Vila de Muriqui há muito, já conhecem esta mistura; usam sempre em suas noites de pescaria para proteger-se das picadas dos insetos.



OUTRAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CURA



• Outra forma de prevenir a dengue é diluir uma colher de carvão vegetal em pó, em meio copo de água, e tomar 2 vezes/dia.

• Em caso de ser picado pelo mosquito, tomar durante 3 a 5 dias meio copo d’água contendo 3 colheres de carvão vegetal.

• Também, em substituição às refeições, tomar de 2 em 2 horas suco de melancia alternado com suco de abóbora crua associada com um dente de alho, limão e mel de abelhas, pelo período de 3 a 5 dias.

• Havendo epidemia do mosquito da dengue, faça uso diário do Extrato da Própolis, 30 gotas em chá quente de flores de cravo de defunto; ou de eucalipto associado com erva-cidreira e sabugueiro, 4 vezes/dia. Tomar os chás depois de haver feito fricção em todo o corpo, com uma toalha fria-úmida. Logo em seguida, deitar e se envolver com um lençol, para suar.

• Ponha nos utensílios onde podem se acumular água, pó do café que fica no fundo do coador, para impedir o desenvolvimento das larvas do mosquito da dengue.

• Estas medidas libertarão seu corpo do veneno do mosquito da dengue, mas, não impede de você procurar um médico ou um posto de saúde, para exame de rotina!



APELO - Vamos melhorar o nosso mundo! Copie este material, xeroque o quanto puder e distribua como “folhas de Outono”! Divulguem essas medidas junto aos seus parentes, amigos e colegas de trabalho, para combater e prevenir-se contra a picada do mosquito da dengue. Esta prática simples e barata pode salvar muitas vidas, inclusive a sua.



Naturoterapeuta Wilson Dias – CRT/SP 23.553; CRT/BA 522-05

- Presidente da Associação Baiana de Medicina Natural e Preventiva (ABMNP)

Endereços eletrônicos:

(74) 8102-0013 – ligar das 06:00 hs. às 14:00 hs.; (74) 8813-6566 – ligar das 14:00 hs. às 22:00 hs.

- E-mail: wilson_terapeuta@hotmail.com; Site: www.terapeutanatural.com.br/

________________________________
Quer uma internet mais segura? Baixe agora o novo Internet Explorer 8. É grátis!

14.6.09

SAÚDE



Saúde é muito mais do que simplesmente estar sem doença. É um estado dinâmico, no qual as vidas mental, física e espiritual se harmonizam. A chave da saúde está na prevenção. A pessoa inteligente sempre evita o aparecimento de fadiga desnecessárias. A medicina oriental é baseada neste conceito de prevenção.

Passado, Presente e Futuro da Saúde.

Atividades passadas criaram nossa saúde atual, e o que fizemos hoje determinará como nos sentiremos no futuro. Nós devemos começar a nos entender a partir desse ponto de vista fundamental. Nossas tendências físicas e mentais se originam em nossos hábitos diários.
Nossa vida mental, exercícios físicos, prática de alimentação no passado e presente e nosso modo de ver a vida criaram nosso presente estado de saúde, condicionando nossa saúde futura. Se um estado harmonioso de saúde for perdido, é de responsabilidade do paciente recuperá-lo. O paciente de shiatsu é somente o canal através do qual o estímulo para a mudança emerge. A direção provém do praticante; a ação provém do paciente.



Shizuro Yamamoto.







7.6.09

Respiração Yogui

A filosofia yogui considera o ato respiratório como a principal atividade do Ser vivo. Seria impossível vivermos sem respirar. Embora possamos passar muito tempo sem falar, sem dormir ou sem nos movimentarmos, não suportaríamos, sob pena de morrer, mais que alguns segundos sem respirar.

Aqui se torna indispensável uma explicação complementar. Os pulmões não possuem musculatura própria que lhes permita encher-se e esvaziar-se de ar. São dois sacos inertes, por si mesmo. Quem produz o seu enchimento e esvaziamento é um músculo chamado diafragma. Esse músculo, chato como um disco, separa o tórax do abdômen, e sobre ele o homem pode exercer sua vontade. Isso significa que, embora sendo a respiração um ato inconsciente, é possível torná-lo consciente.
Na infância, o Ser respira com perfeição, abaixando e suspendendo o diafragma normalmente. Com tais movimentos instintivos, ele produz alternadamente depressões e compressões torácicas, o que faz com que os pulmões se encham e esvaziem completamente, em sucessivas operações inconscientes e corretas. Contudo, à proporção que vai ficando adulto e adquirindo posturas e hábitos antinaturais, bem como usando vestuários inadequados, a sua respiração se torna incompleta e defeituosa. E por uma razão simples: para o diafragma baixar completamente, e assim provocar a entrada de ar dos pulmões, é necessário que o ventre seja lançado para fora, pois sendo o abdômen a parte do corpo mais cheia de órgãos, caso o ventre se conserve recolhido, não haverá lugar para o diafragma nele penetrar. Pelas mesmas razões, uma expiração completa só será conseguida com o recolhimento do ventre e suspenção máxima do diafragma.
A maior asneira que poderá existir com referência a respiração, consiste justamente na estulta ordem que nos acostumamos a ouvir, desde a infância, proferida em tom energético por alguns "instrutores" de ginástica:
- Encham os pulmões! Ponham a barriga para dentro! Peito para fora!
Jamais alguém conseguiria encher os pulmões totalmente dessa maneira. Respiração completa só com lançamento e recolhimente do ventre. O objetivo desse exercício é trazer para a zona consciente do Ser a atividade diafragma, além de carregar o sangue de oxigênio, vitalizando o organismo inteiro. O oxigênio não só produz a combustão dos alimentos nas células, como ainda queima as toxinas, gorduras excessivas e detritos deixados no interior dos tecidos pela atividade metabólica orgânica.




Caio Miranda.




31.5.09

MEDICINA HOLÍSTICA








Foi a primeira Medicina estudada cientificamente, no Ocidente, tendo como pai o médico grego Hipócrates. Foi criada por volta de 420 antes de Cristo, e caiu em desuso no ano 200 depois de Cristo, com a implantação da Alopatia nas cidades asiáticas de Esmirna e Pérgamo. Esse modelo de Medicina repudia a dicotomia praticada pela Alopatia e trata as pessoas como um todo: corpo-mente-espírito sem conotação religiosa. No passado, foi praticada por Jesus e seus discípulos e, atualmente, vem sendo praticada por terapeutas holísticos, profissionais da Medicina Complementar e por alguns médicos alopatas. Platão, no ano 380 a.C., assim escreveu: “A cura do corpo não deve ser feita sem o tratamento do todo” “Não podemos curar o corpo sem considerar a alma, e devemos começar curando a mente, porque tanto a mente como o corpo devem ser saudáveis. Não deixe ninguém persuadi-lo a curar a mente sem primeiro ele ter dado a você a cura da alma. O grande erro dos nossos dias no tratamento do corpo humano é que os médicos separam a alma do corpo”. Também, na Grécia, Hipócrates ensinava que para manter a saúde era preciso manter o equilíbrio mental e químico do corpo. O equilíbrio se restabelece automaticamente pelos mecanismos naturais de cura - “vis medicatrix naturae”. O princípio de Hipócrates era não interferir com os sintomas, para que a Natureza tivesse oportunidade de curar a doença. “Cura-se doente, e não doença”. Segundo a história da Medicina, Hipócrates deu à profissão médica o impulso rumo ao diagnóstico, prognóstico e tratamento em bases científicas. Estabeleceu, além disso, um conjunto de normas de conduta que fundamenta até hoje a ética médica. Graças a Hipócrates — mediante os escritos a ele atribuídos — a Medicina é hoje considerada uma Ciência e uma Arte. Seus ensinamentos quanto à postura do médico podem ser resumidos no próprio "método hipocrático": rigorosa observação do doente, análise racional dos fatos clínicos observados, escrupulosa correlação das causas e seus efeitos. Ele atribuía a causa das doenças ao ar e aos resíduos da digestão. E ensinava como comer, quando comer e o que comer para ter saúde, prevenir enfermidades o obter a cura. O alimento integral era e continua sendo indicado como a base ou fundamento da medicina hipocrática, assim como a iridologia que ele usava como principal meio de diagnóstico tem como fundamento o estudo da embriologia. Uma notável característica dos textos "hipocráticos" é que nenhum deles se serve da magia ou da religião para explicar a causa das doenças. Essa era a convicção de Hipócrates, e continua sendo a convicção de todo terapeuta holístico. Ainda conforme os escritos "hipocráticos", ele preferia usar recursos naturais para o tratamento das doenças em lugar de drogas. Era, também, obsessivamente honesto no trato com o doente, com seus familiares e também com os outros médicos da Medicina Mística do Egito que ainda prevalecia em sua época. O médico-adventista paraense, Silas de Araújo Gomes, no seu livro Medicina Alternativa – a armadilha dourada, pág. 125, foi usado pelo Espírito Santo de Deus para fazer essa surpreendente revelação: “Deus nunca viu o homem como partes separadas, mas sim como um todo indivisível: corpo, alma e espírito. Era assim que Jesus curava – de maneira completa, o homem todo. Jesus praticava e ensinava a verdadeira Medicina Holística. E esta, ainda hoje, continua sendo o único método de cura recomendável por Deus. E é desta maneira que os médicos e terapeutas da saúde devem também ver os seus pacientes”. Ver Terapia Holística.




Terapeuta e Escritor Wilson Dias.

14.5.09

Origem da Massagem Sueca

A massagem sueca surgiu a partir das idéias do fisiologista e mestre de esgrima Henrik Link, que viveu em Estocolmo no inicio do século XIX. Link foi o primeiro a estabelecer um conjunto de conhecimentos aplicados ao tratamento de problemas do aparelho locomotor.
A técnica vem progressivamente conquistando mais terreno, especialmente mediante a regulamenmtação de seu ensino e da criação de associações em todo mundo.
Pesquisas realizadas, principalmente pelos suecos, apontam diversos efeitos benéficos da massagem para a musculatura, as articulações e o sistema nervoso central.

ARTICULAÇÕES - A massagem melhora sua flexibilidade e previne a degeneração da cartilagem articular

MUSCULATURA - A massagmem regula o tônus muscular, relaxando o músculo tenso ou aumentando o tônus do músculo flácido. Provoca a elevação do fluxo de sangue na musculatura melhorando o aporte de oxigênio e outros nutrientes. Por fim, aumenta a elasticidade, previnindo distenções.

SITEMA NERVOSO CENTRAL - A massagem induz a liberação de endorfinas, aliviando o stresse, melhorando o sono e promovendo uma sensação geral de bem-esta






Dr. Alexandros Botsaris.



















1.5.09

Medicina Oriental

A tradição médica oriental enfoca a doença como um processo dinâmico - ainda que perverso, patológico - que se inicia com a má distribuição das energias reguladoras do funcionamento do organismo. Essas energias seguem, no corpo, padrões específico de fluxo através de linhas preferenciais - os meridianos - que constituem a estrutura primária do todo psicossomático. O desarranjo nessa circulação acarreta a desordem dos sistemas funcionais correspondentes, provocando a queda de resistência orgânica e detonando o processo desequilibrante que culmina com o distúrbio localizado, concreto, a que chamamos doença.
Jucacy Cançado